É NOTÍCIA: Clubes deixam de pagar árbitros na 2ª volta do Girabola 2023-24

A Associação Nacional de Clubes Angolanos de Futebol (ANCAF), fruto do memorando de parceria com a operadora de telefonia móvel UNITEL, vai responsabilizar-se em pagar as...


A Associação Nacional de Clubes Angolanos de Futebol (ANCAF), fruto do memorando de parceria com a operadora de telefonia móvel UNITEL, vai responsabilizar-se em pagar as equipas de arbitragem no Girabola 2023-24, segundo apurou o Bola Em Campo de fonte ligada à ANCAF.

O programa de pagamento aos árbitros entra em vigor já a partir da segunda volta do campeonato nacional da primeira divisão, tirando assim toda responsabilidade as equipas que competem no Girabola para com os árbitros.

Chamado a comentar o passo dado pela ANCAF, Domingos Chitamba considera positiva a medida, mas alerta que as contas devem sempre ser auditadas para melhor gestão e transparência da coisa.

«Temos que louvar a iniciativa da ANCAF, isto vai permitir reduzir os níveis de incitação à corrupção por via dos clubes e dos árbitros. Mas também devemos chamar a razão de que haja transparência na divisão das receitas aos árbitros por via da ANCAF», disse.

Os valores não foram mencionados pela nossa fonte, porém o Bola Em Campo sabe que o departamento de arbitragem da Associação Nacional de Clubes Angolanos de Futebol é dirigido pelo ex-árbitro internacional angolano Hélder Martins.

O valor a ser disponibilizado pelas equipas de arbitragem não será uniformizado devido a deslocações a serem efectuadas pelos árbitros, mas este portal sabe que o valor pode estar a volta dos 500 a 600 mil kwanzas por cada equipa de arbitragem.

Marcos Olgário

Marcos Olgário

Deixe o seu comentário

Classificação Girabola 2023/24

Data provided by Scoreaxis

Últimas

Siga o nosso Facebok

CAN 2023