É NOTÍCIA: «Era desejo de Carlos Hendrick deixar o mandato com o clube na fase de grupos»

Em final de mandato, Carlos Hendrick, presidente de Direcção do 1.° de Agosto, tinha como desejo maior deixar o clube militar na fase de grupos da...


Em final de mandato, Carlos Hendrick, presidente de Direcção do 1.° de Agosto, tinha como desejo maior deixar o clube militar na fase de grupos da Liga dos Clubes Campeões de África, caso não houvesse o desaire consetido ontem, em Marrocos, ao perder por (2-1), frente ao Hilal Undurman do Sudão.

Diante de uma periclitante crise financeira que leva três anos, a direcção rubro e negra correu contra o tempo para tentar criar uma equipa competitiva para conquistar o Girabola, Taça de Angola e entrar para a fase de grupos da Liga dos Campeões, mas o primeiro desejo fica deitado por terra. Uma fonte do Bola Em Campo junto ao clube militar revela que Carlos Hendrick não vai concorrer para a sua própria sucessão e vai mesmo deixar o clube militar com o qual conquistou vários títulos.

Entretanto, as baterias da equipa principal do futebol estão agora viradas para as competições internas, mas a nossa fonte refere que «se o clube tivesse mais apoios, e se o campeonato tivesse a decorrer, a história seria diferente. Talvez teríamos a equipa na fase de grupos», disse.

O mandato de Carlos Hendrick termina em Maio de 2024, e espera-se que até lá hajam melhorias significativas no clube mais eclético do continente africano.

Marcos Olgário

Marcos Olgário

Deixe o seu comentário

Classificação Girabola 2023/24

Data provided by Scoreaxis

Últimas

Siga o nosso Facebok

CAN 2023