A Emoção Final do Mundial de Futebol FemininoEspanha e Inglaterra jogam pela glória

O Mundial de Futebol Feminino de 2023 constituiu uma agradável surpresa para os amantes do futebol internacional. As senhoras do futebol deixaram, definitivamente, de ser promessa,...

O Mundial de Futebol Feminino de 2023 constituiu uma agradável surpresa para os amantes do futebol internacional. As senhoras do futebol deixaram, definitivamente, de ser promessa, para se tornarem uma verdadeira afirmação.

Desde o dia 20 de Julho que temos sido brindados com um futebol refinado, tecnicamente bem jogado, livre de indisciplinas e com uma inteligência singular na construção e execução das jogadas. E para coroar isso, grandes golos, e jogos cheios de emoção fizeram do torneio um verdadeiro sucesso.

Pelo meio, e como é característica do desporto rei, algumas surpresas pelo caminho, a queda prematura das selecções do Brasil e dos Estados Unidos da América, a afirmação das selecções africanas, com a Nigéria na liderança e acima de tudo, a contagiante entrega do público espectador aos jogos, garantindo o apoio e contribuição para a beleza do espectáculo desportivo.

Agora, chegados a final, é hora das duas selecções mais competentes ajustarem as contas. Espanholas e Inglesas descem ao relvado para no domingo, 20, por volta das 10h45 (hora de Luanda), evidenciarem todo o seu talento e querer para erguer o tão almejado trofeu mundial.

Antes, para o terceiro lugar, a co-anfitriã Austrália jogará com a Suécia, em Brisbane, na manhã de sábado, depois de as equipas terem perdido as respectivas meias-finais.

A final no domingo será realizada no Stadium Austrália, em Sydney, com La Roja e as Três Leoas firmes no compromisso de vencer o mundial pela primeira vez nas suas histórias.

A técnica da Inglaterra, Sarina Wiegman já esteve na final passada comandando a Holanda, em 2019 e perdeu por 2 a 0 para os Estados Unidos. Agora, não quererá desperdiçar uma segunda oportunidade.

“Não sei [como cheguei a duas finais do Mundial de Futebol]”, disse ela. “Chegamos a duas finais e você nunca considera nada garantido, mas sinto que estou a viver um conto de fadas.”

A estrela da Espanha, Salma Paralluelo, que marcou o golo de abertura na vitória sobre a Suécia nas meias-finais, espera que a sua equipa possa operar uma última vez.

“Foi um jogo muito difícil. Poderia ter sido difícil se recuperar do golo delas, mas mostramos que essa equipa pode enfrentar qualquer coisa”, disse a jovem de 19 anos. “Todos nós estamos extremamente orgulhosos de tudo o que fizemos. Estamos a apenas um passo da glória. Demos esse pequeno passo e agora precisamos do empurrão final.”

No confronto directo, Espanha e Inglaterra já se enfrentaram em 11 partidas internacionais, com as Três Leoas somando seis vitórias, contra duas de La Roja, enquanto três partidas terminaram empatadas.

O mais recente encontro das equipas foi nos quartos-de-final do Campeonato da Europa Feminino da UEFA de 2022, com a Inglaterra a vencer por 2-1 em Brighton, após prolongamento, graças aos golos de Ella Toone e Georgia Stanway.

Para a final de Sidney, teremos as duas equipas na sua máxima força, para proporcionar um verdadeiro espectáculo de futebol. Quando a transmissão do jogo, a DStv, através dos canais SuperSport, garante a cobertura total, em directo e exclusivo da final.

Para mais informações, visite: www.dstvafrica.com

Detalhes da transmissão do Mundial de Futebol Feminino da FIFA 2023

Sábado, 19 de agosto
09:00: Jogo para o terceiro lugar: Suécia x Austrália – SuperSport Maximo 3 e SuperSport Maximo 360

Domingo, 20 de agosto
10:45: Final: Espanha x Inglaterra – SuperSport Maximo 3 e SuperSport Maximo 360

FIM

Marcos Olgário

Marcos Olgário

Deixe o seu comentário

Classificação Girabola 2023/24

Data provided by Scoreaxis

Últimas

Siga o nosso Facebok

CAN 2023