É NOTÍCIA: Norberto de Castro ‘resiste’ e voltará ser candidato à presidência da FAF

O apelidado “candidato do povo”, Norberto de Castro, irá concorrer para a presidência da Federação Angolana de Futebol (FAF), para o quadriénio 2024-2028. A informação chegou...


O apelidado “candidato do povo”, Norberto de Castro, irá concorrer para a presidência da Federação Angolana de Futebol (FAF), para o quadriénio 2024-2028. A informação chegou à mesa da redacção do Bola Em Campo por via de uma fonte ligada ao proprietário da Escola de Futebol Norberto de Castro, sediada em Viana.

O candidato, que nas eleições passadas viu-se impedido de concorrer pela comissão eleitoral, decidiu voltar a concorrer porque sente a necessidade de organizar o futebol angolano, que, segundo a nossa fonte, «não há perspectivas de mudança com a direcção actual».

A lista de Norberto de Castro, que prepara a todo pormenor a caminhada ao ‘trono da FAF’, não deve ser alterada, conforme explicou a nossa fonte.

«Olha, uma das razões que faz o Norberto de Castro querer voltar a concorrer é o facto da actual direcção da FAF querer retirar os clubes da votação, ficando apenas com direito ao voto as APF’s, isto é uma pura violação ao direito dos clubes. Aliás, os clubes sempre tiveram direito a votar. O actual elenco da FAF está a comprar algumas APF’s, mas posso lhe garantir que ainda temos algumas associações províncias que não irão se vender e estarão connosco nesta luta pela presidência da FAF», disse.

Sobre o assunto, a redacção do Bola Em Campo procurou ouvir Norberto de Castro, porém disse que de momento não irá prestar informação à imprensa, devendo fazer apenas no momento certo.

Recorde-se que em Janeiro de 2021, a Sala do Cível e Administrativo da 3ª Secção do Tribunal Provincial de Luanda havia indeferido a providência cautelar que anulava todo acto eleitoral que ditou o afastamento do Norberto de Castro da corrida para o Cadeirão máximo da FAF.

Na altura, Noberto de Castro havia dito à imprensa que foi afastado de forma ilegal pela Comissão Eleitoral, acusando mesmo a influência do presidente Artur de Almeida e Silva.

As eleições foram realizadas no dia 14 de Novembro de 2021, em que Artur Almeida foi o vencedor, porém o juiz da causa havia suspendido provisoriamente todos os actos jurídicos praticados pela Comissão Eleitoral para os órgãos sociais da Federação Angolana de Futebol, principalmente a tomada de posse do Candidato eleito, Artur Almeida e Silva, bem como do seu elenco.

Marcos Olgário

Marcos Olgário

Deixe o seu comentário

Classificação Girabola 2023/24

Data provided by Scoreaxis

Últimas

Siga o nosso Facebok

CAN 2023