É NOTÍCIA: FAB convida antigos internacionais para assistir ao jogo contra Cabo Verde e Nigéria

Para galvanizar os hendecacampeões, que discutem hoje, 25, o apuramento ao Mundial da Ásia, mais de seis dezenas de antigos internacionais angolanos foram convidados pela direcção...


Para galvanizar os hendecacampeões, que discutem hoje, 25, o apuramento ao Mundial da Ásia, mais de seis dezenas de antigos internacionais angolanos foram convidados pela direcção da Federação Angolana de Basquetebol (FAB) para testemunhar, no Arena do Kilamba, o jogo frente o Cabo Verde, no Arena do Kilamba, às 19 horas, e amanhã diante da Nigéria, às 18 horas.

Entre os convidados, destaque para o trio de irmãos constituído por Ângelo Victoriano, jogador mais titulado dos hendecacampeões africanos, com oito títulos africanos e várias participações nos Jogos Olímpicos e Copas do Mundo, Edmar Victoriano “Baduna” e Puna Victoriano, Victor Rafael de Carvalho, José Carlos Guimarães, Ivo Alfredo, Manuel Sousa “Necas”, Herlander Coimbra, Josué Campos, Edmar Barros, Artur Casimiro Barros, Paulo Macedo, Adriano Baiano, Garcia Domingos, Sílvio Lemos, Luís Costa, Mário Belarmino, Milton Barros, David Dias, Afonso Silva, Miguel Pontes Lutonda, entre outras figuras da antiga geração.

O malogrado Zezé Assis não foi esquecido e foi igualmente contemplado com um convite atribuído a um familiar para assistir às partidas da quinta janela Fiba.

Entre a nova geração, destaque para o triplista Carlos Morais, Eduardo Mingas, Olímpio Cipriano, Aboubakar Gakou, Roberto Fortes, Pedro Bastos, Reggie Moore, Islando Manuel, Armando Costa, Joaquim Gomes “Kikas”, entre outros.

Em declarações ao Jornal de Angola, Herlander Coimbra, antigo capitão do “cinco” nacional e campeão africano de 1989, 1991, 1993, 1995 e 1999, mostrou-se regozijado com a iniciativa do órgão reitor da modalidade no país, encabeçado por José João Moniz da Silva.

«É uma iniciativa que deverá estender-se a outras modalidades. O reconhecimento justo de muitos anos de trabalho em prol do basquetebol, sendo exposto num momento como em que esperamos, é claro que tenha um final feliz e possamos todos comemorar dentro da quadra o apuramento desejado», augurou o antigo capitão do Clube Central das Forças Armadas Angolanas (1.º de Agosto).

Fonte: JA

Marcos Olgário

Marcos Olgário

Deixe o seu comentário

Classificação Girabola 2023/24

Data provided by Scoreaxis

Últimas

Siga o nosso Facebok

CAN 2023