É NOTÍCIA: Dirigente desportivo diz que Pedro Gonçalves não é culpado do “desaire” de Angola no CHAN

Julião Dias, antigo jogador do 1.º de Agosto, disse, nesta quarta-feira, em Luanda, que a falta de ambição dos atletas ditou o afastamento prematuro de Angola...


Julião Dias, antigo jogador do 1.º de Agosto, disse, nesta quarta-feira, em Luanda, que a falta de ambição dos atletas ditou o afastamento prematuro de Angola do CHAN´2023, que decorre na Argélia, e o treinador Pedro Gonçalves não é o responsável do que considera “desaire”, já que a sua missão é preparar a equipa, cabendo os jogadores interpretarem o que lhes foi transmitido.

De acordo com o chefe de Departamento para a Formação do clube “militar”, Angola não jogou mal, apenas faltou reacção positiva por parte dos atletas no momento certo.

«Não se acredita que uma partida ao alcance e em vantagem de 3-1, não conseguir defender o resultado até ao fim», reiterou, aludindo ao facto de Angola ter estado a vencer o Mali até menos de 15 minutos para o fim, mas deixou-se empatar a três bolas.

Para ele, Pedro Gonçalves é um bom treinador e está bem no comando da selecção, acrescentando que cabe a Federação Angolana de Futebol criar condições de trabalho para almejar bons resultados.

O ex-atacante afirmou que o estágio em Portugal foi apenas um processo de preparação e que o facto de o conjunto nacional ter defrontado equipas de segundo escalões não justifica o comportamento menos competitivo dos atletas na prova continental, onde o objectivo era chegar aos quartos-de-final.

Angola fez parte do grupo D, ao lado da Mauritânia e Mali.

A selecção da Mauritânia, única que garantiu a qualificação aos quartos-de-final, terminou na primeira posição do grupo, com quatro pontos, após vencer o Mali, terça-feira, por 1-0, na terceira e última jornada da fase inicial.

Os Palancas Negras ficaram no segundo posto com dois pontos, mercê do empate com o Mali (3-3) e diante da Mauritânia (0-0).

A primeira edição deste evento, recorde-se, disputou-se em 2009, na Côte d’Ivoire. O Marrocos, ausente nesta edição de 2023, é o detentor do título.

Marcos Olgário

Marcos Olgário

Deixe o seu comentário

Classificação Girabola 2023/24

Data provided by Scoreaxis

Últimas

Siga o nosso Facebok

CAN 2023