É NOTÍCIA: Jogadores do Petro de Luanda dominam “onze” dos Palancas Negras no Chan

Com excepção de Herenilson, do 1.º de Agosto, Lulas, do Sagrada Esperança, e Além, do Interclube, o técnico Pedro Gonçalves mantém a aposta nos jogadores do...


Com excepção de Herenilson, do 1.º de Agosto, Lulas, do Sagrada Esperança, e Além, do Interclube, o técnico Pedro Gonçalves mantém a aposta nos jogadores do Petro de Luanda, em detrimento dos convocados das demais equipas.

Frente ao Mali, o seleccionador nacional depositou fiel confiança a oito jogadores do campeão nacional, entrando de início com Hugo Marques (guarda-redes), Tó Carneiro, Eddie Afonso e Kinito (defesas), Megue, Jaredi e Gilberto (médios) e Depú (avançado).

O argumento de razão de Pedro Gonçalves em colocar oito jogadores petrolíferos na equipa inicial, pelo facto de serem titulares indiscutíveis no plantel, é estarem a atravessar um bom momento de forma. Embora haja opiniões contrárias, por exemplo, o guarda-redes Neblú, do 1.º de Agosto, está a passar por uma boa fase na presente época futebolística, comparativamente ao Kippe do Petro de Luanda.

O guarda-redes dos rubro negros jogou como titular toda a campanha, nas eliminatórias de apuramento ao CHAN da Argélia, e não defraudou às expectativas dos adeptos de futebol.

Dos 26 convocados para “Operação Argélia”, o Petro de Luanda está em maior número com oito jogadores, seguido do 1.º de Agosto, com cinco, sendo Neblú, Paizo, Hossi, Herenilson e Keliano.

Marcos Olgário

Marcos Olgário

Deixe o seu comentário

Classificação Girabola 2023/24

Data provided by Scoreaxis

Últimas

Siga o nosso Facebok

CAN 2023