É NOTÍCIA: Langanga novamente fora de jogo. Guarda-redes fica parado por dois meses

O guarda-redes Landu Langanga ficará dois meses sem jogar devido a uma lesão no joelho esquerdo, desfalcando o Sagrada Esperança na segunda volta do Campeonato Nacional...



O guarda-redes Landu Langanga ficará dois meses sem jogar devido a uma lesão no joelho esquerdo, desfalcando o Sagrada Esperança na segunda volta do Campeonato Nacional de Futebol da Primeira Divisão “Girabola2022-23”.

A direcção do clube, através do seu Gabinete de Marketing e Comunicação, anunciou que o jogador vai deslocar-se, nos próximos dias, para a África do Sul, para uma intervenção cirúrgica no joelho esquerdo.

Para colmatar a ausência de Langanga, um dos principais activos e titular indiscutível dos “Lundas”, a direcção do Sagrada Esperança vai anunciar, nos próximos dias, a contratação de um guarda-redes da República Democrática do Congo (RDC), que actua no Vita FC, segundo fonte deste Portal na Lunda Norte.

Na época passada (2021/2022), Langanga não realizou qualquer jogo, também devido a uma lesão na região lombar.

Natural da República Democrática do Congo, Landu Langanga, de 26 anos de idade, já representou o Benfica de Luanda (2015-2016), Recreativo da Caála (2017), Sporting de Cabinda (2018), Kabuscorp do Palanca (2018-2019) e chegou ao Sagrada Esperança em 2019.

Pela formação da Lunda Norte, o guarda-redes já conquistou o “Girabola2021”, uma temporada em que sofreu apenas dez golos em 30 jogos, tendo sido considerado o melhor na sua posição. Sagrou-se igualmente campeão da Supertaça de Angola (2022).

Em 2022, o jogador decidiu adquirir a nacionalidade angolana e tem sido uma das opções do técnico Pedro Gonçalves na Selecção Nacional.

Para o CHAN na Argélia, o guardião foi convocado, mas o agravamento da lesão o impedirá de representar os “Palancas Negras” na competição africana, para os jogadores que actuam em campeonatos domésticos.

Para preparar a segunda volta do Campeonato Nacional, o Sagrada Esperança inicia ontem, 09, um estágio de 12 dias, na capital do país, sob comando do técnico de Francisco Moniz “Frank”.

Estão previstos dois jogos de controlo com duas equipas locais (Luanda).

Antes de embarcar para Luanda, o técnico Francisco Moniz disse à imprensa que o objectivo do clube na segunda volta é ocupar o topo da tabela classificativa e conseguir o acesso às competições africanas (Liga dos Clubes Campeões ou Taça Nelson Mandela).

Disse que o grupo ainda continua a “sonhar” com a possível conquista do título.

O Sagrada Esperança terminou a primeira volta do Girabola2022-23 na quinta posição com 27 pontos, fruto de oito vitórias, três empates e quatro derrotas.

Já foi campeão nacional duas vezes (2005 e 2021) e vencedor da Taça de Angola (1988 e 1999 ) e da Supertaça de Angola (2021).

Marcos Olgário

Marcos Olgário

Deixe o seu comentário

Classificação Girabola 2023/24

Data provided by Scoreaxis

Últimas

Siga o nosso Facebok

CAN 2023