Últimas
É NOTÍCIA: ANCAF quer GIRABOLA ser emitido em formato live streaming

É NOTÍCIA: ANCAF quer GIRABOLA ser emitido em formato live streaming

É NOTÍCIA: Elizabeth Dongua, melhor marcadora do ‘Nacional’, ruma para o andebol congolês

É NOTÍCIA: Elizabeth Dongua, melhor marcadora do ‘Nacional’, ruma para o andebol congolês

É NOTÍCIA

É NOTÍCIA: Hilal do Sudão pode estar a fazer jogo de bastidores para vencer Petro

É NOTÍCIA: Hilal do Sudão pode estar a fazer jogo de bastidores para vencer Petro

É NOTÍCIA: ‘GUERREIROS’ falham Pan-Africano no Ghana por não inscrição

É NOTÍCIA: ‘GUERREIROS’ falham Pan-Africano no Ghana por não inscrição

É NOTÍCIA: Clubes deixam de pagar árbitros na 2ª volta do Girabola 2023-24

É NOTÍCIA: Clubes deixam de pagar árbitros na 2ª volta do Girabola 2023-24

É NOTÍCIA: Fala-se que já há um acordo verbal entre o Petro de Luanda e jogador do clube militar

É NOTÍCIA: Fala-se que já há um acordo verbal entre o Petro de Luanda e jogador do clube militar

É NOTÍCIA: Herlander Coimbra alerta que «Não há lançadores na Selecção que vai à Tunísia»

É NOTÍCIA: Herlander Coimbra alerta que «Não há lançadores na Selecção que vai à Tunísia»

É NOTÍCIA: A FAF irá melhorar salário de Pedro Gonçalves nos próximos dias

É NOTÍCIA: A FAF irá melhorar salário de Pedro Gonçalves nos próximos dias

É NOTÍCIA: Atraso na aprovação da “Lei Antidopagem” pode excluir Angola de competições internacionais

É NOTÍCIA: Atraso na aprovação da “Lei Antidopagem” pode excluir Angola de competições internacionais

É NOTÍCIA: Adeptos do Vita Club prometem encher Estádio 11 de Novembro no duelo com tricolores


Após se conhecer os quatro grupos da Liga dos Clubes Campeões de África, edição 2022-23, em que o único representante angolano, Petro de Luanda, figura no grupo-A com as equipas do Wydad Athletic do Marrocos, Vita Club da RDC e o JS Kabylie da Argélia, a redacção do Bola Em Campo saiu às ruas de Luanda para ouvir a comunidade congolesa que reside em Angola sobre os principais candidatos à outra fase.

Os adeptos do Vita Club em Angola reconhecem que o Petro e o Wydad afiguram-se como os principais candidatos para a passagem à outra fase, mas alertam que, quer em Kinshasa como em Luanda será um “inferno” para o Petro de Luanda «Vamos lotar o Estádio Mártires de Kinshasa como o Estádio 11 de Novembro. Angola é nossa casa. Vamos ganhar os dois jogos», refere Kadiembe Musala.

Quem também está expectante na passagem do AS Vita Club é um dos funcionários da embaixada congolesa em Angola, que preferiu não ser identificado, mas salienta que a embaixada vai dar todo apoio aos adeptos e à equipa congolesa por altura do jogo em Angola.

«Temos que criar todas as condições e dar o nosso apoio. Já sabemos que quando as equipas do TP Mazembe e do As Vita Club vêm para angola jogar, tem sempre muita movimentação. Como sabem, cá em Angola a comunidade congolesa é vasta e o povo vive o futebol com intensidade. Espero que o Vita passe de fase», referiu.

Entretanto, Nsimba Bakele, outro congolês que vive em Angola há mais de 20 anos, disse que já se sente angolano, e por isso sente-se dividido. «Para mim, o Petro e o As Vita vão passar, as equipas do magrebe devem ficar. Temos que estar unidos e torcer por estas duas equipas», acreditou.

O Petro de Luanda tem o seu primeiro desafio em casa no Estádio 11 de Novembro, frente ao JS Kabylie da Argélia, partida marcada para os dias 10 e 11 de Fevereiro.

Já o As Vita Club vai a Morrocos defrontar o Wydad, detentor do título, no dia 11 do mesmo mês, para a primeira jornada da Champions League África.

Todavia, as duas equipas Petro e Vita Club jogam apenas na segunda jornada no dia 25 do mesmo mês, em Kinshasa, Estádio Mártires.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Powered by Live Score & Live Score App