Últimas
É NOTÍCIA: Angola na linha da frente para organizar 31ª edição do Afrobasket 2025

É NOTÍCIA: Angola na linha da frente para organizar 31ª edição do Afrobasket 2025

É NOTÍCIA:  Romé Hebo lamenta ausência dos “Guerreiros” nos PAN-Africanos de Acra

É NOTÍCIA: Romé Hebo lamenta ausência dos “Guerreiros” nos PAN-Africanos de Acra

É NOTÍCIA: ANCAF quer GIRABOLA ser emitido em formato live streaming

É NOTÍCIA: ANCAF quer GIRABOLA ser emitido em formato live streaming

É NOTÍCIA: Elizabeth Dongua, melhor marcadora do ‘Nacional’, ruma para o andebol congolês

É NOTÍCIA: Elizabeth Dongua, melhor marcadora do ‘Nacional’, ruma para o andebol congolês

É NOTÍCIA

É NOTÍCIA: Hilal do Sudão pode estar a fazer jogo de bastidores para vencer Petro

É NOTÍCIA: Hilal do Sudão pode estar a fazer jogo de bastidores para vencer Petro

É NOTÍCIA: ‘GUERREIROS’ falham Pan-Africano no Ghana por não inscrição

É NOTÍCIA: ‘GUERREIROS’ falham Pan-Africano no Ghana por não inscrição

É NOTÍCIA: Clubes deixam de pagar árbitros na 2ª volta do Girabola 2023-24

É NOTÍCIA: Clubes deixam de pagar árbitros na 2ª volta do Girabola 2023-24

É NOTÍCIA: Fala-se que já há um acordo verbal entre o Petro de Luanda e jogador do clube militar

É NOTÍCIA: Fala-se que já há um acordo verbal entre o Petro de Luanda e jogador do clube militar

É NOTÍCIA: Herlander Coimbra alerta que «Não há lançadores na Selecção que vai à Tunísia»

É NOTÍCIA: Herlander Coimbra alerta que «Não há lançadores na Selecção que vai à Tunísia»

É NOTÍCIA: Alves Simões mediou conflito entre FAF e Petro. Ânimos estão controlados


Depois de quase duas semanas tensas entre a Federação Angolana de Futebol (FAF) e o clube Petro de Luanda, devido a questões burocráticas do avançado Laurindo Depú e o posterior abandono do retângulo de jogo após ao apito final da Supertaça entre as formações do Petro de Luanda e a do Desportivo da Huíla, eis que as duas partes sentaram-se, ontem, segunda-feira, 10, à mesma mesa para mediar o conflito que existia, que teve como orador o Presidente da Associação Nacional de Clubes Angolanos de Futebol (ANCAF) Alves Simões.

No final do encontro, Alves Simões disse à imprensa ter sido cordial, pacífica e servido para esclarecer alguns mal-entendidos entre as partes.

«Foi um encontro saudável, foi resolvido os mal-entendidos, viva o futebol, porque são encontros como este que o futebol precisa sempre que necessário com um diálogo franco e aberto», disse.

O órgão reitor do futebol angolano, FAF, suspendeu o Petro de Luanda da Supertaça de Angola, por uma época, e multou-o com 60 mil dólares, por alegada infracção grave.

No comunicado, a FAF explicara que em causa está o facto de os campeões angolanos se terem recusado a marcar presença na cerimónia de entrega do troféu e medalhas, após derrota por 3-1, diante do Desportivo da Huíla, jogo decorrido no Estádio da Caála, província do Huambo, a 23 de Setembro do corrente ano.

No final do jogo, o presidente do clube angolano justificou a ausência da sua equipa na referida cerimónia, também por protesto com algumas decisões da FAF.

O líder do Petro acusou ainda a FAF de não responder a solicitações para encontros entre as partes, e ameaçou não ceder jogadores à Selecção Nacional para a disputa do CHAN2023, na Argélia, caso a FAF não inscrevesse o avançado Laurindo Depú, em conflito com o Sagrada Esperança.

O mesmo jogador já foi liberado pela FAF, mas de forma provisória, com a obrigação de pagar 30 milhões de Kwanzas ao seu anterior Clube Sagrada Esperança.

Na sequência, Tomás Faria foi também suspenso, por um período de um mês, e deve pagar uma multa avaliada em 79.500 Kwanzas.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Powered by Live Score & Live Score App