É NOTÍCIA: Bruno Fernando já em Portugal para se juntar ao grupo

O internacional angolano Bruno Fernando, poste dos Houston Rockets da Liga Norte Americana de Basquetebol (NBA), é aguardado domingo, no Centro de Alto Rendimento de Sangalhos...


O internacional angolano Bruno Fernando, poste dos Houston Rockets da Liga Norte Americana de Basquetebol (NBA), é aguardado domingo, no Centro de Alto Rendimento de Sangalhos (Portugal), a fim de integrar os trabalhos de preparação da Pré-Selecção Nacional de basquetebol sénior masculina que projecta, naquele país europeu, a quarta e penúltima janela de qualificação Zona Africana para a Copa do Mundo de 2023, a decorrer de 26 a 28 do mês em curso, em Abidjan, capital da Côte d’Ivoire.

Três dos sete jogadores que actuam na diáspora, convocados para esta janela de qualificação, estão já às ordens do seleccionador nacional, Josep Clarós “Pep”.
Trata-se de João Fernandes e António Monteiro, ambos a militarem no Sporting Clube de Portugal, e Dimitri Maconda, base que actua no Aris da Holanda.

Os outros jogadores, nomeadamente Sílvio Sousa, do Chorale Roanne Basket de França, Pedro Bengui, do Sig Strasbourg da Alemanha, e Marcos Bala, do Zentro de Espanha, devem juntar-se ao grupo a qualquer momento, segundo fez saber o coordenador dos hendecacampeões africanos, Mário Abílio.

«O Bruno Fernando, que se encontra na Europa em gozo de férias, deve chegar no domingo para se juntar ao grupo de trabalho», revelou o coordenador da Selecção Nacional.

Naquele país do Velho Continente, os hendecacampeões africanos vão efectuar três a quatro jogos de controlo, antes de rumarem para a cidade de Abidjan, palco da disputa da quarta e penúltima janela de qualificação Zona Africana para a Copa do Mundo de 2023, prova a disputar-se no Japão, Filipinas e Indonésia, respectivamente.

O seleccionador nacional vai aproveitar o curto estágio pré-competitivo, que realiza no prestigiado Centro de Alto Rendimento de Sangalhos, para dotar a equipa de maior rodagem competitiva, visando a disputa da janela, na qual os hendecacampeões africanos são obrigados a fazer o pleno.

Com apenas seis pontos na tabela classificativa do Grupo E, contra oito e sete da Côte d’Ivoire e Cabo Verde, na primeira e segunda posições, respectivamente, o “cinco” nacional é obrigado a vencer os três desafios, a fim de manter-se firme na corrida para o Mundial asiático.

Um ou dois eventuais desaires, pode hipotecar as aspirações do “cinco” nacional que procura garantir a sexta presença consecutiva numa Copa do Mundo, nona no geral.

Transitam para a fase final da Copa do Mundo de 2023, os dois primeiros classificados de cada grupo e o terceiro melhor colocado.

Desde 2002, que a Selecção Nacional não falha uma única edição da Copa do Mundo. A estreia aconteceu no longínquo ano 1986, à convite da FIBA-Mundo.

Depois seguiram-se as edições da Argentina (1990), Toronto, Canadá (1994), Indianápolis, Estados Unidos da América (2002), Japão (2006), Turquia (2010), Espanha (2014) e República Popular da China (2019).

Entretanto, hoje, quarta-feira, estão previstas mais duas sessões de treino, uma no período matinal (10h00), e outra ao princípio da noite.

O aprimoramento da componente física, sem co-locar de parte os aspectos técnicos e tácticos, está a dominar os primeiros dias de trabalho da Pré-Selecção Nacional.

Eis a lista completa dos pré-convocados: Childe Dundão, Dimitri Maconda, Gerson Domingos, André Nsingue (bases); Leonel Paulo, Jerónimo Luís, Francisco Gomes, Joel António, Bamba Cissé, Ângelo Alexandre, Marcos Balas e António Monteiro (extremos); Bruno Fernando, Sílvio Sousa, Teotónio Dó, Aboubakar Gakou, Jilson Bango, Gilson Martins, Pedro Bengui e João Fernandes (postes).

Fonte: JÁ

Marcos Olgário

Marcos Olgário

Deixe o seu comentário

Classificação Girabola 2023/24

Data provided by Scoreaxis

Últimas

Siga o nosso Facebok

CAN 2023