É NOTÍCIA: Lundas há três meses sem ordenados. Direcção mantém-se ‘calada’

Chegou à redacção do Bola Em Campo a informação que dá conta de que o plantel do Sagrada Esperança está a caminho de três meses sem...


Chegou à redacção do Bola Em Campo a informação que dá conta de que o plantel do Sagrada Esperança está a caminho de três meses sem salários, sem qualquer justificação da Direcção do clube diamantífero presidido por Tomás Muacabalo.

Com o final da época, os jogadores temem que as dívidas fiquem no esquecimento, segundo conta uma fonte deste Portal junto ao terceiro classificado do Girabola, que na semana finda demitiu o treinador Roque Sapiri por ter falhado os objectivos traçados na época recém-terminada 2021-22, cujo mote era a revalidação do título e voltar à fase de grupos da Liga dos Clubes Campeões de África 2022-23.

Assim sendo, alguns jogadores estão agastados com a situação actual porque passam. De igual modo, fala-se também que há dívidas de alguns prémios de jogos, facto que deixa agastado o plantel.

Por outro lado, o clube diamantífero viu sair Karanga e Carlinhos, jogadores em finais de contrato, sendo que pode também deixar o clube o defesa central Gaspar Kialunda, que a muito é desejado pelo Petro de Luanda.

Este Portal promete também ouvir alguém ligado à Direcção do Sagrada Esperança para auferir a informação avançada pela fonte do clube diamantífero.

Marcos Olgário

Marcos Olgário

Deixe o seu comentário

Classificação Girabola 2023/24

Data provided by Scoreaxis

Últimas

Siga o nosso Facebok

CAN 2023