Últimas
É NOTÍCIA: ANCAF quer GIRABOLA ser emitido em formato live streaming

É NOTÍCIA: ANCAF quer GIRABOLA ser emitido em formato live streaming

É NOTÍCIA: Elizabeth Dongua, melhor marcadora do ‘Nacional’, ruma para o andebol congolês

É NOTÍCIA: Elizabeth Dongua, melhor marcadora do ‘Nacional’, ruma para o andebol congolês

É NOTÍCIA

É NOTÍCIA: Hilal do Sudão pode estar a fazer jogo de bastidores para vencer Petro

É NOTÍCIA: Hilal do Sudão pode estar a fazer jogo de bastidores para vencer Petro

É NOTÍCIA: ‘GUERREIROS’ falham Pan-Africano no Ghana por não inscrição

É NOTÍCIA: ‘GUERREIROS’ falham Pan-Africano no Ghana por não inscrição

É NOTÍCIA: Clubes deixam de pagar árbitros na 2ª volta do Girabola 2023-24

É NOTÍCIA: Clubes deixam de pagar árbitros na 2ª volta do Girabola 2023-24

É NOTÍCIA: Fala-se que já há um acordo verbal entre o Petro de Luanda e jogador do clube militar

É NOTÍCIA: Fala-se que já há um acordo verbal entre o Petro de Luanda e jogador do clube militar

É NOTÍCIA: Herlander Coimbra alerta que «Não há lançadores na Selecção que vai à Tunísia»

É NOTÍCIA: Herlander Coimbra alerta que «Não há lançadores na Selecção que vai à Tunísia»

É NOTÍCIA: A FAF irá melhorar salário de Pedro Gonçalves nos próximos dias

É NOTÍCIA: A FAF irá melhorar salário de Pedro Gonçalves nos próximos dias

É NOTÍCIA: Atraso na aprovação da “Lei Antidopagem” pode excluir Angola de competições internacionais

É NOTÍCIA: Atraso na aprovação da “Lei Antidopagem” pode excluir Angola de competições internacionais

É NOTÍCIA: Federação bissau-guineense procura novo director técnico


Até o dia 25 de maio do corrente ano, está aberto o concurso público para o recrutamento de Director Técnico Nacional na Federação de Futebol da Guiné-Bissau. O anúncio foi feito pela Federação Bissau-guineense de Futebol no seu site, nesta amanhã de sexta-feira, 29.

O Director Técnico Nacional terá como principais missões contribuir para a elaboração de uma estratégia federal global para o desenvolvimento do futebol nacional; Definir e dirigir o programa técnico nacional e sua filosofia de futebol e ainda estruturar e liderar um departamento técnico.

Os candidatos devem ter um diploma de treinador de futebol com licença confederal A, no mínimo, e diplomas em educação, montagem e gestão de projetos são uma vantagem adicional.

As experiências como jogador de futebol, experiência em coaching de equipas de elite e experiência como formador de treinadores são igualmente tidas em conta neste concurso aberto para os candidatos nacionais e estrangeiros com compromisso de residência permanente na Guiné-Bissau e fluentes em português e francês.

Para mais informações, os candidatos podem consultar o documento oficial de anúncio das candidaturas disponíveis em português e francês:

Todo direito: Fut245

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Powered by Live Score & Live Score App