É NOTÍCIA: TP Mazembe recusa-se entregar título e medalhas ao Vita Club mesmo após decisão do tribunal

Clima de tensão coloca em chama o futebol congolês democrático, entre TP Mazembe, Federação Congolesa de Futebol (FECOFA) e a Liga Nacional de Futebol (LINAFOOT) para...


Clima de tensão coloca em chama o futebol congolês democrático, entre TP Mazembe, Federação Congolesa de Futebol (FECOFA) e a Liga Nacional de Futebol (LINAFOOT) para organizar, o mais rápido possível, a cerimónia de coroação do AS Vita Club, declarado campeão da RDC, referente à temporada 2020-2021 após julgamento do Tribunal de Arbitragem dos Desportos (TAS).

A FECOFA também ordenou à LINAFOOT que pedisse a Mazembe que entregasse o troféu, as medalhas e o dinheiro que lhe foram entregue durante a cerimónia da sua coroação que ocorreu antes do julgamento no tribunal.

Entretanto, o TP Mazembe também fez revelações sérias, o líder dos Ravens não se limitou a anunciar a recusa de seu clube em devolver o troféu. Frédéric Kitengie também indicou que Mazembe comece apresentar uma queixa contra dois funcionários da FECOFA que assinaram a carta. São eles; o presidente interino Donation Tshimanga e o secretário-geral, o belga Situatala. «O caso no CAS dizia respeito ao alinhamento pelo V. Club de um jogador que ele mesmo registou com o nome de Matutala Zola e que Dom Bosco contestou essa identidade falsa do jogador que se chamava Matutala Zao. Nesse processo, os signatários da actual carta da FECOFA também estão preocupados porque o jogador usou uma licença assinada em 2018 pelo actual secretário-geral da FECOFA», ameaçou.

Marcos Olgário

Marcos Olgário

Deixe o seu comentário

Classificação Girabola 2023/24

Data provided by Scoreaxis

Últimas

Siga o nosso Facebok

CAN 2023