É NOTÍCIA: Edson Queiroz faz prospecção de novos talentos no Girabola

O jovem empresário angolano, proprietário da FOOTPRESTIGE, Edson Queiroz disse estar atento aos novos talentos que vão emergir na presente edição do Girabola 2021-22. Portanto, o...


O jovem empresário angolano, proprietário da FOOTPRESTIGE, Edson Queiroz disse estar atento aos novos talentos que vão emergir na presente edição do Girabola 2021-22. Portanto, o empresário considera o Girabola um campeonato interessante, pelo que já terá traçado um plano de trabalho para a presente época.

«Estive em Angola recentemente para resolver alguns assuntos que têm a ver com o trabalho que desenvolvermos já alguns anos. Portanto, estamos atentos aos novos talentos que despontam no futebol de formação e vamos ver alguns que vão jogar a presente edição do Girabola», disse.

Na entrevista concedida ao Bola Em Campo na Rádio, emitida na Platina FM 96.8, Edson Queirós afirmou que há muitas equipas na europa com quem a FOOTPRESTIGE tem boas relações e apreciam o talento vindo de angola.

«Sim, as equipas com quem temos boas relações, Benfica, Sporting, Porto e outras no Reino Unido e Itália estão atentas aos jogadores de boa qualidade vindo de angola, porém, precisamos ter calma e trabalhar mentalmente os meninos para se adotarem ao futebol europeu», revelou.

Com as saídas de Zito Luvumbo para o Cagliari de Itália, Nelson da Luz para o Vitória de Guimarães, e recentemente Domingos Andrade para o Sporting de Portugal, Edson Queiroz revelou que estão previstas mais saídas até ao final da presente época.

«Estamos a trabalhar para levar mais jogadores, tudo ainda está no segredo, mas asseguro que vamos levar mais jogadores à europa ainda esta época», revelou.

Sobre a invasão da FOOTPRESTIGE ao mercado magrebino, o empresário disse que os egípcios têm preferência por jogadores angolanos.

«Temos agora boas relações com equipas egípcias, levamos o Mabululu, Ary papel, na altura agenciado por nós, e a agora levamos o Dasfaa. Pretendemos levar mais jogadores para o futebol egípcio. É um futebol atrativo e ganha-se muito melhor do que no nosso campeonato», assegurou.

O empresário mostrou-se, durante a entrevista, triste pelo facto de existirem clubes que colocam dificuldades no seu trabalho.

«É triste, nós queremos somente realizar sonhos de miúdos e das suas famílias, mas há quem ainda coloca entraves ao nosso trabalho. Referimos à cedência da documentação e falta de compromisso com a palavra. Existem jogadores jovens em angola que já estariam na europa há muitos anos, mas os clubes fazem dos jogadores as suas propriedades. Mas enfim, vou me calar», desabafou.

Edson Queiroz que tem desejo de ver angola a brilhar com talentos jovens provenientes do Girabola num futuro breve.

Marcos Olgário

Marcos Olgário

Deixe o seu comentário

Classificação Girabola 2023/24

Data provided by Scoreaxis

Últimas

Siga o nosso Facebok

CAN 2023